dddddddddd

dddddddddd

Slider

Intro AD

Em reunião, Inter mantém eleições presidenciais para a véspera da última rodada do Brasileiro

Foto: Divulgação / Inter 

O acidente com a Chapecoense fez com que a última rodada do campeonato Brasileiro fosse adiada para o dia 11 de dezembro. Assim, se tinha a especulação que as eleições em segundo turno do clube, que estava marcada para o dia 10, seria trocada para outra data.

Porém, em reunião, o clube decidiu não mudar nada e manter para o dia 10 a decisão para escolha do novo mandatário do Internacional no biênio 2017 e 2018. Predo Affatato (situação) e Marcelo Medeiros (oposição) são os dois candidatos.

"Houve uma reunião, nós debatemos, mas a data foi mantida, numa decisão do presidente do Conselho. Nós temos toda a estrutura acertada, com TRE e a Procergs. Seria um risco muito grande transferir. Poderíamos perder qualidade, e o jogo é fora de casa. Teria risco de as coisas não correrem da maneira correta. Além disso, o estatuto do clube exige que seja na primeira quinzena. No dia 17 estaria fora", explica o presidente da comissão eleitoral Ricardo Brasil.

O jogo decisivo contra o Fluminense um dia após o pleito era o principal entrave para a tentativa de adiamento das eleições. O colorado enfrenta o time Carioca com poucas chances de fugir do rebaixamento a série B. Para tal feito, precisará vencer no Rio e torcer para o Figueirense vencer o Sport fora de casa. Outra opção é vencer o Fluminense e torcer por uma derrota com goleada do Vitória, que enfrenta o Palmeiras em casa.
Em reunião, Inter mantém eleições presidenciais para a véspera da última rodada do Brasileiro Em reunião, Inter mantém eleições presidenciais para a véspera da última rodada do Brasileiro Reviewed by Revista on dezembro 01, 2016 Rating: 5

Nenhum comentário