dddddddddd

dddddddddd

Slider

Intro AD

Advogados colorados esperam que o STJD se sensibilize e abra o inquérito, após a comprovação dos e-mails

Foto: Reprodução 

O advogado colorado, Rogério Pastl, acredita os e-mails anexados a ata notarial pela CBF compravam a irregularidade do jogador Victor Ramos na inscrição para atuar no Vitória. Pastl ainda afirma que a correspondência eletrônica obtida com exclusividade pelo Blog do Hiltor, foi a mesma colocada pelo clube no processo que visa provar a irregularidade.


“Particularmente, acho que não se esgota neste processo Bahia, Vitória, Inter e Superior Tribunal de Justiça Desportivas (STJD). É um assunto que tem muita repercussão. Há notícias de até investigação judicial em torno desta questão toda. Não saberia dizer o que passou na cabeça do diretor de registros da CBF ao registrar. Se observarem, a ata notarial faz em seu nome próprio. A CBF tem servidores próprios e só eles têm acesso e podem manusear. Por isso, talvez, subentendesse porque ele tenha agido desta maneira”, declarou o defensor.


Questionado sobre o próximo passo, agora que ficou provado que os e-mails são verdadeiros, o advogado afirmou que espera  “sensibilidade” da procuradoria do STJD, que anteriormente arquivou o caso.

“Estamos trabalhando e pensando o que vamos fazer. Talvez na justiça desportiva brasileira o caso tenha se esgotado com a ratificação do arquivamento do processo. Para nós não é fato novo, mas ter uma ata notorial registrado pelo diretor de transferências da CBF pode sensibilizar o tribunal de uma maneira contundente já que a própria entidade e o Vitória tinham conhecimento de como deveria ser feito. Não se pode alegar boa fé porque eles tinham consciência de como se deve ser feito”, afirmou.
Advogados colorados esperam que o STJD se sensibilize e abra o inquérito, após a comprovação dos e-mails Advogados colorados esperam que o STJD se sensibilize e abra o inquérito, após a comprovação dos e-mails Reviewed by Revista on dezembro 21, 2016 Rating: 5

Nenhum comentário